Postagens populares

Loading...

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O uso de anabolizantes e os seus riscos

O uso de anabolizantes por jovens que querem ficar “fortões” tem sido cada vez mais frequente, principalmente em academias. Um amigo indica ou mesmo um professor, que desconhece os riscos, oferece e a facilidade para comprar o produto fecha o ciclo dessa triste história. A aparência de um corpo saudável é pura miragem, por trás está uma pessoa doente.
O uso de produtos para animais, como cavalos, têm ocorrido até em adolescentes. O tema tem já é um grave problema de saúde pública. Interessante que estudos mais recentes apontam que o uso de anabolizantes pode prejudicar a saúde de dois importantes “motores” do nosso organismo: o coração e seus vasos e o cérebro. A utilização dessas substâncias pode ter uma repercussão desastrosa no sistema cardiovascular. Inúmeros artigos sugerem maior chance de infarto do miocárdio, alterações da coagulação levando a tromboses de veias das pernas e embolia pulmonar, além de alteração dos níveis de colesterol e triglicérides. Do mesmo modo, uso abusivo de anabolizantes pode levar a psicose e comportamento agressivo chegando até o extremismo de maior criminalidade.
O que poucos sabem é de mais dois outros riscos que essas substâncias trazem: a virilidade masculina e câncer. É inegável que os garotos querem se parecer fortões para conquistar as meninas, mas essa busca pode levar a um efeito exatamente contrário.
Os anabolizantes são hormônios masculinos sintéticos que absorvem proteínas e retém líquido e acabam provocando o inchaço dos músculos, dando um aspecto mais masculino aos garotos. Com o uso, ocorre uma diminuição na produção de esperma, impotência sexual, aumento dos volumes da mama, e até retração dos testículos.
Segundo o Instituto Nacional de Câncer, os tumores hoje representam a segunda maior causa de morte na população mundial, ficando atrás somente das doenças cardiovasculares. Infelizmente, o uso de anabolizantes pode também aumentar as chances de câncer no fígado segundo vários relatos. O que ocorre na verdade é o disparo de um gatilho. Nós temos no nosso corpo células instáveis, que podem ou não virar cancerígenas. O anabolizante é como álcool em uma fogueira, que certamente vai estimular essas células, que talvez nunca se manifestassem.
Portanto, dentro de uma gama tão grande de potenciais perigos o melhor caminho é não utilizar anabolizantes. Um jovem pode ficar bonito e saudável fazendo atividade física e tendo uma alimentação equilibrada, com bastante frutas, verduras e legumes. Não fumando e bebendo com moderação, afinal um cálice de vinho ou uma taça de chopp até fazem bem, se você tiver alguém para dirigir, após a balada.
.Por: Fernando Maluf, coordenador da Oncologia Clínica do Centro Avançado de Oncologia do Hospital São José.

Nenhum comentário: